sábado, 28 de maio de 2011

A vinda do Filho do Homem


Leia os Textos: (1Ts 5.1-3/Mt 24.1-14,30,36-39). Observando os jornais mais recentes, eu pude ler as seguintes notícias: Bebês são queimados por padrasto no Rio de Janeiro; A fé alimenta disputa por voto religioso; Polícia de Moscou prende vinte pessoas em passeata gay não autorizada. Essas são algumas das notícias estampadas nos principais jornais. No entanto, não saiu como furo de reportagem a notícia de que “JESUS ESTÁ VOLTANDO”. Não está na capa de qualquer jornal o que está escrito em (1Ts 4.16,17).


Tudo tem um começo e tem um fim, o mundo começou e o mundo vai acabar, vai chegar ao fim. É interessante que vivemos num mundo que sabe que vai chegar ao fim, mais que não sabe como e quando se dará o fim. Por isso cresce assustadoramente a expectativa de todos quanto ao fim como nunca se viu antes. São várias as pessoas e religiões que demonstram não saber nada sobre os fatos que vão se suceder antes do fim dos tempos.

William Muller (adventista – previu 11 vezes a volta de Jesus), conta-se que  a penúltima vez que o cometa Halley cruzou os céus no século XX, muitas pessoas tiraram a própria vida achando que era o fim do mundo. Muitos em todo mundo marcam datas pré-estabelecidas, comentam sinais estranhos, visões futurísticas p/justificar suas alegações. Sem contar com as profecias de Nostradamus, Ellen White, Rev. Moon dentre outros....

Apesar dessas declarações e fatos absurdos, Jesus declarou em (Mt 24.36) que daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o filho, senão o Pai. A verdade que podemos afirmar, é que a vinda do Senhor é certa!

E Jesus em Mateus 24 nos mostra como será e o que estará acontecendo antes de sua vinda (Mt 24.37-39). Da mesma forma como foi nos dias de Noé, será também a vinda do filho do homem.

Você sabe como era na época de Noé?

(Gn 6.1-5,11,12) – Na época de Noé, quando Noé construía uma arca anunciando que viria um dilúvio, ninguém acreditava. Todos estavam levando sua vida normalmente, casavam-se e davam-se em casamento. Havia festas, banquetes, o comércio ia bem, emfim todos levavam suas vidas do jeito que queriam, da forma que queriam e ninguém estava dando a mínima para o Juízo de Deus anunciado por boca de Noé.

Queridos a época de Noé era igual a nossa, pois havia a multiplicação da iniqüidade e muita violência (Gn 6.11,12). Amados na época de Noé havia também muito trabalho, toda sociedade se preocupava em trabalhar para prosperar e sustentar a família. Da mesma forma como se comportava a sociedade nos dias de Noé, é como se comporta a sociedade hoje. Esta tudo indo bem na medida do possível: algumas crises, alguns problemas para resolver, mas em nossa vida como um todo, está tudo tranqüilo, estamos comendo, bebendo, está tudo bem.

Porém será em um momento assim que Jesus virá! Quando todos pensarem e acharem que está tudo em paz e segurança, quando tudo estiver preparado,aí sim aparecerá no céu um sinal do filho do homem, todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu com poder e muita glória. E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.

Deus está nos alertando Hoje! Porque quando todos pensarem que está tudo bem, eis que lhe sobrevirá repentina destruição. E diz a bíblia que será como as dores de parto, daquela que está para dar a luz (1Ts 5.3)

O juízo de Deus vem! vem sobre a terra, sobre os povos e nações, e está para se cumprir, é iminente.

O que você pensa disso? Como você tem levado a sua vida diante de Deus? Você que não conhece a Deus, anda pensando que tudo isso é uma grande brincadeira? Uma verdade sem fundamento?

Jesus disse em (Mc 13) que passaria o céu e a terra, mais as suas palavras não. Jesus também disse: “estai de sobreaviso, vigiai e orai, porque não sabeis quando será o tempo”.

Mais vigiar o quê?

Jesus quando declarou isso, ele estava nos orientando a observar tanto os sinais que antecedem a sua vinda, como observar a nossa vida diante dele. E nós lemos em (Mateus 24 Apartir do vs. 4) a intenção de Jesus de prevenirem seus filhos para que ficassem alertas quanto aos sinais que antecedem a sua vinda, e isto para que ninguém seja pego de surpresa.

É impressionante irmãos como o cenário mundial caminha para a volta do Senhor, é impressionante como tudo está acontecendo exatamente como as palavras de Jesus.

Jesus disse que antes da sua 2ª vinda – apareceriam falsos profetas, grandes convulsões sociais (guerra, pestes, fomes, terremotos), perseguição religiosa, multiplicação da iniqüidade e falta de amor, além do evangelho ser pregado em todo mundo.

Eu quero resumidamente lhe trazer alguns dados oficiais sobre alguns sinais que Jesus disse que iria acontecer:

 Falsos Profetas - Já parou para ver quantas pessoas se dizem ser o salvador, vou citar apenas alguns, porque são muitos. Ex: Henri Cristy, Reverendo Moon (Igreja da unificação), o próprio Papa = pater=pai dos pais, ostenta em sua coroa a seguinte inscrição vicarius filli dei, que sig. Vigário do filho de Deus, isto é , substituto do filho de Deus. Segundo a igreja católica, a salvação pertence a ela e o papa é o verdadeiro substituto do filho de Deus. E o que temos a dizer de Emilio zarur (lbv), lafayete rubbard (cientologia), Maharishi Mahesh Yogi (Meditação Transcendental); Christian Rosenkreuz (Rosa Cruz); e tantos outros que tem enganado a muitos com suas doutrinas heréticas.

Guerras - O relatório Prioridades Mundiais, publicado anualmente por um grupo sediado em Washington, define uma grande guerra como sendo um conflito envolvendo um governo, ou mais de um, que resulta na morte de pelo menos mil pessoas por ano. Por esse critério "técnico", desde o final da Segunda Guerra Mundial até o ano de 1992 haviam ocorrido 149 guerras, onde morreram mais de 23 milhões de pessoas. No nosso século, o número de enfrentamentos militares cresceu substancialmente. Se nos atermos apenas a esses conflitos propriamente, sem considerar rebeliões curtas, golpes militares e mesmo genocídios, verificaremos que em todo o século passado ocorreram 107 guerras. Já no século XX, até 1995, sem considerar a Primeira e Segunda Guerras Mundiais, houve, pelo mesmo critério, um total de 241 guerras, das quais 166 eclodiram a partir de 1950. Nada menos que 70 países envolveram-se em guerras de 1994 a 1997.

Fome: Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), perto de um bilhão de pessoas sofrem com a fome no mundo, quando se sabe que há condições de produzir alimento para 12 bilhões, o dobro da população mundial. Em 2020 1 a cada 4 crianças serão subnutrida.

Terremotos - Estima-se que ocorram a cada ano cerca de 500 mil tremores em todo o globo, havendo quem fale até de um milhão de sismos, dos quais 100 mil são percebidos pelas pessoas com seus próprios sentidos e pelo menos mil causam danos. Em todo o século XIX ocorreram 41 grandes terremotos, acarretando pouco mais de 350 mil mortes. No século XX, até maio de 1997, já haviam ocorrido 96 grandes terremotos, que provocaram a morte de mais de 2 milhões e 150 mil pessoas.

Peste: Em 1996, cerca de 17 milhões de pessoas morreram no mundo vítimas de doenças infecciosas ou parasitárias. Em outubro de 1994, a revista Veja noticiou desta forma o ressurgimento da peste pneumônica na Índia “Após duas semanas do seu início a epidemia da peste pneumônica já atingia cerca de 4.800 pessoas na Índia e se alastrava para o Vietnã, Kuwait e Nepal”.

Jesus disse em (Lc 21:28) “ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima”.

Eu quero caminhar para o final dizendo a você: Assim como nos dias de Noé, Deus pediu para Noé construir a arca e entrar com a sua família e antes de começar o dilúvio ele mesmo fechou a porta. Sabe qual foi a conseqüência disso? (Gn 6.21,22) Toda a carne que se movia sobre a terra, tudo o que tinha fôlego de vida morreu no dilúvio. Assim como Deus agiu com Noé, será assim também no dia da vinda do filho do homem (Mt 25.31-34).

Assim como Deus ao fechar ele próprio a porta da arca, significando a separação de Justos e injustos, assim será na volta do filho do homem. Pois ele colocará as ovelhas a sua direita e os cabritos a esquerda. E ele dirá as ovelhas, vinde benditos do meu pai, entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.

Eu termino, dizendo que Deus salvou a Noé e sua família do juízo diluviano, porque Noé era justo, ìntegro e andava com Deus. Da mesma forma Jesus voltará para buscar a sua igreja; uma igreja santa, imaculada, gloriosa que anda na presença do seu Deus.

Que estejamos sempre vigilantes e esperançosos na presença do Senhor,

Pr. Flavio Muniz


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...