quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A figura do Pai - A verdadeira face de Deus Pai na parábola do filho pródigo



Digamos que nesse exato momento os olhos do mundo e das religiões estivessem voltados para esta parábola. Queridos eu penso que se isto estivesse acontecendo, a interpretação desta parábola (Lc 15.11-32) focando somente a figura de Deus como Pai seria assim:


ü  Esse pai parecia ser irresponsável ou disciplinador (vs 12)
ü  Esse pai parecia mimar demais suas crianças que ele chamava de filho(vs 17)
ü  Esse pai parecia não ser firme em suas convicções (vs 18-20)
ü  Esse pai parecia estar sendo precipitado em acreditar que seu filho estava arrependido,  mostrando que ele era um pai pouco zeloso (vs 22-24)
ü  Esse pai parecia ter predileção pelo filho mais velho (vs 25-30)
ü  Esse pai parecia sempre ter uma desculpa pronta pela sua má paternidade e criação de filhos (vs 31,32)

Essa poderia ser uma interpretação realista e simplória do mundo e das religiões para esta parábola contada por Jesus. Porém esta interpretação está carregada por uma distorção da verdadeira face de Deus como Pai. Na verdade muitos têm se distanciado de Deus por observarem Deus de um ponto de vista religioso que coloca Deus como um verdadeiro legalista que enxerta regras e proibições pesadas aos seus seguidores, além de conseqüências terríveis para quem não as cumprir.

Þ     Quantos não têm se distanciado de Deus, porque pensam que Deus na verdade somente está esperando um pecado nosso para que possa nos castigar e permitir coisas desastrosas em nossa vida.

Þ     Quantos não têm se distanciado de Deus, por pensarem que Deus é o culpado por todos os desastres e tragédias do mundo, quando na realidade o homem e o fator prudência é o verdadeiro culpado.

Þ     Quantos não tem se distanciado de Deus por acharem que Deus abandonou o mundo, pois o mundo está impossível (violência, corrupção, injustiça social), quando na verdade é o pecado do homem e as ações do diabo que tornam o mundo uma porcaria!

A interpretação mundana e religiosa desta parábola, nem de longe nos mostra a face verdadeira de Deus como Pai, pois a interpretação mundana e religiosa, nos mostra um pai irresponsável, disciplinador, precipitado em suas decisões, um pai que faz acepção de pessoas, um pai que não é firme em suas posições, um pai que não sabe cuidar de seus filhos.

A religiosidade vã e fria tem infelizmente distorcido quem é verdadeiramente Deus Pai. As religiões tem colocado o seu foco em doutrinas de homens e não na doutrina bíblica. E por isso elas tem sido a causa da grande barreira que existe entre o homem e Deus.

Mais eu creio que essas barreiras vão cair, pois a igreja preservará a figura verdadeira de Deus Pai e não se calará frente a qualquer mentira contada ali na esquina!

Segundo a bíblia apologética (ICP) – existem dez grandes religiões no mundo: budismo, confucionismo, hinduísmo, islamismo, jainismo, siquismo, taoísmo, xintoísmo, zoroastrismo e ainda o Cristianismo. Além dessas, existem mais de 10 mil seitas (ou subdivisões dessas religiões).

Agora eu lhe pergunto, pra que tanta religião? Por que tantas visões a respeito de um Deus que é único? Porque tantas concepções a respeito da salvação? SABE PORQUÊ?

Porque o diabo veio para roubar, matar e destruir! E a bíblia nos mostra que a sua arma predileta é o engano. Portanto a visão de Satanás é justamente trabalhar a pluralidade das religiões, pois assim todos são enganados por diversos modos e diversas maneiras. Com isso a verdade a respeito de Deus vai sendo esquecida e a religião acaba sendo a solução para todo anseio da alma humana, que no seu intimo quer encontrar Deus (para ter paz, alegria, prosperidade e felicidade).

A Bíblia não prega religião, a bíblia prega Deus, nos mostra Deus, nos revela Deus, como Deus quer se revelar! Jesus não veio pregar ou instituir uma religião, apesar do cristianismo ser organizado por um sistema de crenças práticas e organizadas pelo qual um grupo de pessoas é influenciado. Jesus veio religar o homem com Deus, veio reconciliar o homem com Deus, veio abolir as paredes que separavam ambos e colocar por terra toda obra do Diabo, para que o homem seja salvo. Jesus é Deus, é o caminho, a verdade e a vida, e portanto não existe outra verdade, não existe outro meio de pertencermos a Deus, é somente por Jesus, e isto não é religião é uma verdade absoluta creia você ou não!

E foi este Jesus quem disse: “Eu e o Pai somos um” (Jo 10.30). Portanto quem contempla a face de Deus como Pai, contempla Jesus. Jesus é Deus!

Qual é a verdadeira face de Deus como Pai? (Lc 15.11-32)

ü  Esse pai parecia ser irresponsável ou disciplinador (vs 12), mais na verdade ele é um pai acolhedor e justo (Sl 68.5,6)
ü  Esse pai parecia mimar demais suas crianças que ele chamava de filho (vs 17), mais na verdade ele é um Pai atencioso que sabe do que necessitamos (Mt 6.8,32)
ü  Esse pai parecia não ser firme em suas convicções (vs 18-20), mais na verdade ele é um Pai imutável (Ml 3.6a)
ü  Esse pai parecia estar sendo precipitado em acreditar que seu filho estava arrependido, mostrando que ele era um pai pouco zeloso (vs 22-24), mais na verdade ele é um Pai que não nos abandona (Sl 27.10)
ü  Esse pai parecia ter predileção pelo filho mais velho (vs 25-30), mais na verdade ele é um Pai presente na vida de todos (Ef 4.6)
ü  Esse pai parecia sempre ter uma desculpa pronta pela sua má paternidade e criação de filhos (vs 30,31), mais na verdade ele sempre se mostra um Pai misericordioso que se compadece de seus filhos (Sl 103.13)

Quem é Deus pra você? Quando lhe falaram e lhe ensinaram sobre Deus, o que lhe ensinaram? Porque você anda revoltado e aborrecido com Deus? Porque a sua visão sobre Deus está distorcida!

Deus é teu pai, porque a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber aos que crêem no seu nome. Você crê em Jesus? Então você é filho. Você é amado por Deus, Deus tem ciúme de você, sabia?

Quem é Deus?

Deus é seu Pai, pai zeloso, atencioso, amoroso, bondoso, fiel, misericordioso, justo, bom, cheio de graça. Ele te ama e quer que a sua visão mude a respeito dele!


Pr. Flavio Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...