quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Como ter um namoro abençoado por Deus?


“A bênção do SENHOR enriquece, e, com ela, ele não traz desgosto”. (Pv 10.22 Ara)

“A bênção do Senhor traz riqueza, e não inclui dor alguma”. (Pv 10.22 Nvi)

Quantos não são os jovens que se perguntam: como posso ter um namoro abençoado por Deus? Porém muitos não se perguntam: que passos eu devo dar em direção a este objetivo? Pensando em ajudar os jovens nesta questão, resolvi citar três princípios básicos que nos ajudarão a obter a benção do Senhor sobre o nosso namoro:


1º) Ter um namoro de acordo com os princípios e propósitos de Deus

Fazer a vontade de Deus dentro de um namoro com certeza atrairá suas bênçãos sobre o casal, portanto aqueles que querem ter um namoro abençoado por Deus precisam obedecer aos princípios e propósitos de Deus para o namoro, e também ter seus valores, alvos e comportamentos baseados nos conceitos e propósitos de Deus. E quais são os princípios e propósitos de Deus para o namoro? A Bíblia fala de vários, citarei alguns:

ü  Não se colocar em jugo desigual (para crentes) (2 Co 6:14-18)
ü  A santificação (1 Ts 4:3)
ü  Obediência aos pais (Êx 20:12)
ü  Namoro baseado no amor e não na paixão (1Co 13: 4-7,8a)

2º) Ter um propósito bem definido

É natural que em todas as nossas atividades tenhamos um propósito que nos mova para o alvo. Mais você já percebeu que quando os fins não estão bem definidos, a execução dos meios não traz realização de alegria. É o que ocorre com o namoro também! Se o nosso namoro não está imbuído de um propósito correto diante de si, a prática do relacionamento a dois, há de sofrer as consequências. Em Romanos 14, quando Paulo trata da questão de um irmão escandalizar o outro, ele diz que: “cada um deve ter opinião bem definida em sua própria mente”, e ainda diz que se alguém fizer alguma coisa tendo dúvidas, ele é condenado por isso, pois o que fez não veio da fé (convicção, certeza), veio da dúvida, e tudo o que não provém de fé, é pecado.

Quando dois jovens começam a namorar, isso não significa absolutamente que eles irão se casar. Mas, deve significar, pelo menos, que eles pensam em se casar. Pense nisso: “Entregar a mão, o rosto, os lábios e o tempo a uma pessoa com quem não se pensa em casar, é pecado.”

Portanto para um namoro ser abençoado por Deus precisa ter um propósito específico e este propósito deve ser o compromisso, para com ele se chegar ao casamento. Pode até ser que o namoro não chegue ao casamento, mas o casal começou o namoro de modo correto, pensou de modo correto, fez tudo por fé e não por dúvida e de qualquer jeito.

Para um namoro ser abençoado por Deus, é necessária a consciência de “compromisso”, “fidelidade” e amor que é regado pela fé, de pessoas que não querem pecar e desagradar a Deus!

“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo, e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1Jo 5.4)

3º) Priorizar o namoro, colocando-o no lugar certo!

“buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.33)

Em um livro que eu li sobre namoro, o autor colocava o namoro como a quinta prioridade na vida de um jovem, ele dizia que a ordem de prioridades para um jovem cristão deveria ser assim:

1º Deus“E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”. (Ef 5.18). Sem dúvida, estar cheio do Espírito é a prioridade básica na vida de cada jovem crente. E aqui neste texto é um imperativo plural (os dois) “enchei-vos do Espírito”. Significa dizer que não é uma opção de vida, mas é um mandamento do Senhor que deve ser obedecido por todo crente. O convite aqui é a rendição que implica em uma entrega e submissão: “deixai-vos encher do Espírito”.

2º A Família – “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.” (Ef 6.1-3). O viver submisso aos pais e cheio de respeito, cuidado, e honra por eles significa gratidão a Deus. A Bíblia diz em (1Tm 5.8) que se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente os da própria casa, tem negado a fé, e é pior que os descrentes.

3º A Igreja – “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.” (Hb 10.25). A palavra igreja vem do grego “Ekklesia”, ou seja, assembleia de pessoas reunidas. Dar prioridade a igreja, nem sempre é dar prioridade a Deus. Mas, Dar prioridade a Deus implica sim em amar, congregar, servir e frutificar dentro da igreja do Senhor. Por isso, colocar o namoro na frente da igreja pode ser prejudicial ao desenvolvimento de sua fé e espiritualidade, o que certamente afetará o seu namoro.

4º O Trabalho – profissional ou estudantil. (Ef 6.5-8). Neste texto servo significa empregado. Veja que a bíblia dá importância ao trabalho visando sustentar a futura família. O namoro que prejudica os estudos visando a obtenção de uma digna profissão está fora da vontade de Deus.

5º O Namoro – O que é o namoro? Qual seria a sua resposta a esta pergunta? Pense um pouco, e tente respondê-la. Hoje em dia para a maioria das pessoas, o namoro é apenas uma brincadeira, nada sério, tudo sem maiores conseqüências. Entretanto, é impossível haver um relacionamento entre pessoas, sem que haja consequências.

Portanto, “namoro é um período em que se desenvolve uma amizade profunda e verdadeira, criando-se um ciclo de comprometimento emocional e sentimental motivado pelo amor e baseado nas premissas do compromisso cristão, visando o estabelecimento do casamento como ápice”. 

Conheço jovens que invertem por completo esta ordem, e vejo que esta ordem é apropriada e bem distribuída. Preciso considerar também que numa outra escala de prioridades, poderíamos dizer que na realidade Cristo deve estar no centro, e todas as nossas prioridades distribuídas ao redor dele de forma bem equilibrada, como os ramos de uma videira. Há jovens que só pensam em namorar, namorar e namorar. Parece que não existem outras prioridades ou outros focos na vida. O negócio é namorar, mas esquecem das finanças, da família, da escola, da igreja e Deus nem se fala. Precisamos entender que o namoro é uma fase de conhecimento profundo e o início de uma adaptação entre duas pessoas, é um envolvimento sentimental e emocional somente. Não há porque valorizá-lo de forma a esquecer de outras prioridades. Quando o seu casamento chegar, aí sim sua família estará em segundo lugar como prioridade.

Ei Jovem! Quer ter um namoro abençoado por Deus? então não se esqueça:

·       Seu namoro precisa estar de acordo com os princípios e propósitos de Deus
·       Seu namoro precisa ter o propósito correto
·       Seu namoro deve estar numa escala de prioridades de modo correto


Bendito seja o Evangelho,

Pr. Flavio Muniz




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...