segunda-feira, 21 de julho de 2014

A vitória que vence o mundo


“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus?”. (1Jo 5.4-5)


O poder vitorioso de Deus está em nossa vida, desde o primeiro momento quando nascemos de novo, quando confessamos Jesus como Senhor e Salvador, no instante em que nós ouvimos a Palavra da Verdade e confessamos Jesus. No dia em que a salvação se manifestou na nossa vida, a Vida de Deus passou a habitar em nós. Por isso, (1 Jo 4:4) diz: “Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.”

Aquele que é o maior, Jesus Cristo, está em nós. Porque Ele está em nós, podemos vencer esse sistema maligno e corrupto, chamado “mundo”. Mundo, nessa passagem bíblica, do original grego, é AYON que significa = reino espiritual das trevas ou sistema mundial.

É público e notório que o mundo em que nós vivemos é completamente corrupto, está completamente perdido, e vive sem esperança de dias melhores. Basta ligarmos a televisão, sintonizarmos o rádio, navegarmos na internet, ou observar os jornais para identificarmos que realmente o mundo está completamente de cabeça para baixo. O índice de violência aumenta a cada dia, a prostituição infantil e a pedofilia estão em alta, à corrupção permeia os casebres e também os casarões dos poderosos, a iniquidade se multiplica, a economia vive a beira de um abismo nas bolsas, as doenças que passaram a ter mais atenção são as doenças ligadas à alma: a depressão, o transtorno de ansiedade, transtornos de personalidade, etc. Somam-se a isso nossas pressões e preocupações do dia-a-dia, seja com nossa família, seja com nossa igreja, com nosso trabalho, com nossas metas, com as pessoas ao nosso redor. Todos esses fatos corroboram positivamente para nos assustar, nos intimidar, e principalmente nos desnortear, em face de nossa fé em Deus.

Nossas tentações, provações e desafios pessoais permeiam todos esses fatos estabelecendo diversos caminhos e processos jamais vistos antes em nossa existência.


Diante desse quadro surreal, uma pergunta que surge na mente de muita gente é: Como viver em mundo como esse? Como até mesmo existir num mundo como esse? Como vencer em um mundo conturbado como esse? Quem é capaz de viver vencendo num mundo como esse? O que é necessário para vencer num mundo assim?

João nos dá a resposta exata para estas perguntas e preenche a dúvida que existe na mente de tantas pessoas. Porém, ele faz isso nos mostrando duas verdades espirituais, primeiro ele aponta, quem é aquele que vence o mundo, e depois, o que é necessário para vencer o mundo.

Para a pergunta: quem é aquele que vence o mundo? João diz: Todo o que é nascido de Deus. (1Jo 5.4)

Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus." (1 Jo 5.1). A Bíblia não diz que nascemos de novo porque cremos, mas cremos porque nascemos de novo. João não escreveu: "Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, será nascido de Deus," mas, "Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus;" isto é, sua fé é uma evidência cristalina da sua regeneração. Muitos pecadores perdidos dizem que crêem em Cristo, mas não creem. Não há convicção, nem fé verdadeiras no coração. Eles não crêem de fato que Jesus é Deus, de que Cristo morreu por seus pecados, de que ele é o Filho de Deus que veio em carne, que ressuscitou dos mortos, e que um dia voltará para buscar os que são seus.  

No tempo de João, existiam falsos mestres heréticos, como os gnósticos que negavam que Jesus de Nazaré fosse de fato o Cristo. Outro ensino bastante perigoso era o docetismo, este ensino afirmava que Jesus não foi uma pessoal real, de carne e sangue, mas era uma espécie de aparência (um fantasma). E pasmem, eles ensinavam que quem morreu na cruz não foi Jesus e sim Simão Cireneu (o homem que o ajudou a carregá-la mesmo que obrigado).

Os pecadores perdidos talvez creiam num Cristo falso ou imaginário ensinado por homens, por grupos religiosos, por falsos mestres, mas não no Cristo da Bíblia. "Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus." João toma a fé nesta verdade em teste essencial do nascido de Deus. Quem gerou Jesus no seu ventre foi Deus, portanto nele habita corporalmente toda a plenitude de divindade. Então, se alguém crê em Jesus como Deus é fato evidente de que este alguém é um nascido de Deus.
O nascido de Deus é aquele que nasceu da água e do Espírito (Jo 3.3), é aquele que passou pela experiência da regeneração tendo seu coração transformado de pedra para carne (Ez). O nascido de Deus é aquele que conheceu a Cristo e nele depositou toda a sua confiança, esperança e fé. O nascido de Deus é aquele que ama como ele amou, é aquele que responde ao amor de Deus estando em obediência e submissão a sua vontade. O nascido de Deus é aquele que não somente ouviu a verdade de Deus, mas é inteiramente guiado por ela. É aquele que foi selado com o Espírito de Deus para o grande dia da redenção.

Então se eu creio em Cristo é porque nasci de novo, e se eu nasci de novo eu já venci o mundo! Eu não vou vencer, eu não vencerei, eu já venci! Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo... (1Jo 5.4). Quando João diz: “Vence o mundo”. Tempo presente, implica em batalha contínua. Por isso, o nascido de Deus vence sempre pela fé que possui em Cristo. Sua fé expressa uma vitória que de fato vence, porque sua fé é a certeza da vitória. A vitória que venceu o mundo é a nossa fé.

É de suma importância saber que quando nascemos de novo, Deus colocou a Sua natureza em nós e infundiu o Seu Espírito em nosso ser. A Sua vida, a Sua natureza está em nós. Portanto, Os verdadeiros Filhos de Deus vencem o mundo e não são vencidos por ele.

Os filhos de Deus vencem o sistema, a corrupção, as tentações, as provações, os desafios cruéis, os ardis do maligno, as setas perigosas, os canhões do inferno, os caminhos referendados e oferecidos pelo príncipe deste mundo.

Quem é aquele que vence o mundo? O nascido de Deus.

Para a pergunta: O que é necessário para vencer o mundo? Ou através do que o nascido de Deus vence o mundo? João nos ensina que só podemos vencer a este mundo através da FÉ. “... e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé." (1 Jo 5.4)

Jesus é o autor e o consumador da nossa fé. Nossa fé em Cristo traz vitória sobre o mundo. A fé aqui é usada como arma essencial, como instrumento habilidoso, como dom adquirido por herança como base para a nossa certeza de vitória sobre o mundo.

Jesus Cristo, em Sua morte e ressurreição, derrotou o diabo, desarmou os principados e as potestades, tirou-lhes a autoridade e o domínio, redimiu-nos das mãos do inimigo, nos colocou no Reino da Sua Luz, e nos fez reinar em vida, pois somos raça eleita, sacerdócio real, nação santa e seu povo peculiar. Quando nossa plena convicção de fé esta posta na pessoa do Filho de Deus, ela opera para nos apropriamos e imprimirmos essas verdades em nossas vidas, e com isso vencemos o mundo, o diabo e a carne. Porque a vitória do Filho de Deus é a nossa vitória!

No versículo seguinte (1Jo 5.5) João faz uma pergunta que não nos deixa dúvidas de que o mundo somente é vencido pela fé no Filho de Deus.

Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus? (1Jo 5.5)

Para vencermos o mundo e seus ardis precisamos “crer” que Jesus é o Filho de Deus. A nossa vitória está na Fé. Fé que foi repartida como medida apropriada a cada um de nós (Rm 12.3). Hoje possuímos fé no Filho de Deus, a fé que nos foi outorgada pela genuína pregação da palavra de Deus. Nossa fé está apoiada na verdade absoluta de que Jesus é o Filho de Deus e de que ele foi perfeitamente homem e humanamente Deus.

Crer em Jesus é o ponto básico e inicial nos escritos de João. A propagação de que Jesus é Filho de Deus e o Salvador é um tema dominante de João, em seu evangelho e na sua carta. O propósito de João ao escrever o seu evangelho foi exatamente este: "estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e crendo tenham vida eterna". (João 20.31). Ao contrário dos gnósticos e falsos mestres, aquele que crê em Cristo o reconhece como Filho de Deus – esse é nascido de Deus e sua vida é transformada. (1 João 2.29, 3.9, 4.7, 5.18).

Sabemos que a fé é a certeza das coisas que se esperam; e a convicção de fatos que não se vê. A fé que vem de Deus, se baseia na certeza da sua vontade. E conhecer sua vontade é à base da nossa certeza. A fé se baseia no fato de que Deus falou porque ela tem fundamento numa revelação divina. É por isso, que sem revelação não há fé.  

Agora, há um fato interessante que precisamos observar: algumas pessoas desenvolvem uma confiança muito grande na Fé, e outras não. Olha o que diz, por exemplo, Hebreus 10:22: “aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.”

A plena certeza de fé é uma convicção intima e fiel que nós devemos desenvolver. É uma segurança total e íntima dentro de si em Deus. A plena certeza de fé é uma confiança perseverante. Por isso, diz a Palavra em (Hb 10.35): “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão.”

A Bíblia diz em Romanos 10:17: “E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo.”Quando ouvimos a genuína pregação do Evangelho, quando ouvimos a Palavra de Cristo, a Fé veio à nossa vida. Porém somos nós que devemos com um coração sincero nos aproximar de Deus em plena certeza de fé, ou seja, devemos habilitar todos os dias a nossa confiança no potencial da fé, e não duvidando em nada.

Querido, você possui a Fé que vence o mundo! A fé que está dentro de ti, e que te faz crer que a Deus pertence o domínio, poder e a glória para sempre. Esta é a Fé que vence o mundo. Esta é a Fé que é a nossa vitória!

Portanto, não se deixe esmorecer na oração, não enfraqueça diante das tentações, não desconfie nas provações, não desanime ao se confrontar com os desafios mais difíceis da vida, não se amolde ao mundo e suas paixões, não abaixe as armas que Deus lhe confiou em meio a luta com o maligno. O mundo que nos rodeia jaz no maligno, mas Jesus venceu o maligno e nos concedeu a vitória. Você é nascido de Deus e por isso ele não pode lhe tocar, porque Deus o está guardando.

Talvez suas tribulações neste mundo estejam intensas, quem sabe suas provações o estejam levando a desconfiar do amor de Deus. Pode ser que suas tentações e pecados estejam amarrando sua fé, destruindo sua paz e amargando a sua alma. Quem sabe as circunstâncias adversas da vida estejam o levando a deixar a fé, e a desistir de ser o que você foi escolhido pra ser. 

Lembre-se, você só vencerá essas coisas com sua FÉ, mais não com uma FÉ qualquer. Você precisará ter uma Fé sobrenatural, salvadora, convicta, firme, alicerçada, constante e real no Filho de Deus! Aí sim você vencerá o mundo e não somente o mundo, mais também o príncipe deste mundo e seu sistema maligno.

Amados, manifeste em tua vida a fé que vence! A fé que vence é aquela que crê que Deus é escudo para nos defender das hostes celestiais do mal, para nos livrar das ciladas do diabo, das tentações do mundo, das armas dos filhos da perdição, dos enganos contra a alma, dos falsos profetas, do paganismo, das falsas religiões, das heresias, do engano, da idolatria, do veneno do mundo. A fé que vence é aquela que crê, que há uma recompensa abundante para aquela pessoa que manifesta a plena certeza de Fé para vencer o mundo. A fé que vence é aquela que crê, que Ele é o Senhor e sustentador de todas as áreas da tua vida. A fé que vence, é aquela que crê, que Cristo está no teu deitar, no teu levantar, nos teus pensamentos, no teu falar.

Só podem vencer o mundo e o reino das trevas, aqueles que possuem uma fé viva e real em Cristo, aqueles que passaram da morte para a vida.

A vitória que vence o mundo é a fé dos nascidos de Deus que foram gerados em Cristo Jesus!

Bendito seja o Evangelho,

Pr. Flavio Muniz


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...