quarta-feira, 3 de março de 2010

A oração eficaz (Tg 5.16)


Você sabia que para o profeta Samuel, era pecado contra Deus não orar pelo povo? Veja o que diz (1Sm 12.23) - "Quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o Senhor, deixando de orar por vós; antes, vos ensinarei o caminho bom e direito". A oração e o ensino profético estavam tão arraigados no ministério daquele homem de Deus, que sua omissão a tais coisas, o levava á consciência de pecado.

A palavra de Deus nos ensina que a prática de súplicas, orações, intercessões, e ações de graças é coisa boa e aceitável diante de Deus, nosso salvador (1Tm 2.1,3).


Porém diante destes fatos, eu me faço duas perguntas:

1 - Se a omissão em orar é pecado para mim, porque eu não tenho praticado mais a oração?

2 - Se a bíblia ensina que devemos usar a prática de súplicas, orações, intercessões e ações de graças em favor de todos, e se eu tenho orado de fato, Será que existe um meio de saber que a minha prática em orar tem sido eficaz?

Aliás, O que é uma oração eficaz?

Eficaz - É aquilo que produz o efeito desejado; aquilo que funciona infalivelmente. Tiago 5:16 - "... Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo".

Será que a oração eficaz é então aquela que produz a resposta que nós desejamos? É claro que não.

Se observarmos o meio evangélico atual, encontraremos vários tipos de pessoas que oram:

1 - Os deterministas - Estes, na oração, determinam e dão ordens, em nome da fé para Deus, submetendo-o a condição de servo. Ele (Deus) tem de realizar os propósitos e satisfazer a vontade de quem pede; Nesse caso, Deus não tem alternativa, senão atende-los já.

2 - Os agitados que berram - Estes clamam aos berros que não aceitam algumas situações e exigem mudanças urgentes, ou, Deus muda, ou Deus não é Deus.

3 - Os reivindicadores - Estes apresentam seus direitos de filhos e, em nome de Jesus, e exigem que sejam respeitados. Gostam de listar para Deus uma série de versículos que lhes dão a certeza de que por serem filhos serão atendidos como querem.

Ouça isso: Para que a nossa oração seja eficaz, eu não preciso de nada disso. Eu não preciso me colocar na condição de um determinista, de um agitado que berra ou de um reivindicador. Para que a minha oração seja eficaz eu preciso ter a consciência de que:

1 - A oração eficaz é aquela que é feita em nome de Jesus (Cl 3.17).

A Bíblia nos ensina que o modo correto e eficaz de orarmos é em nome de Jesus e não em nome de outros. Sim, a Bíblia diz que o modo correto e eficaz de orar, é orar em nome de Jesus. Porém estar ciente disso, não traz certeza de resposta imediata a nossa oração, só afirma que este é o modo correto e eficaz de orar, e isso já nos traz segurança.

2 - A oração eficaz é aquela que crê que Jesus pode fazer qualquer coisa que pedirmos a ele (Jo 14.14).

Nesse texto, lemos uma declaração do próprio Jesus dizendo, que tudo aquilo que pedirmos em seu nome, isso ele faria, ele realizaria. Eu lhe afirmo que toda oração feita em nome de Jesus é respondida por ele próprio, porque ele é Deus, Deus único e verdadeiro.

3 - A oração eficaz é aquela que considera com confiança a vontade de Deus na resposta (1Jo 5.14-15).

Quando oramos em nome de Jesus sabemos que ele nos ouve e nos responde, pois estamos orando de modo correto. Porém ele nos ouve e responde segundo a sua vontade. Sabe por que Deus nos responde segundo a sua vontade? Porque a sua vontade é boa, perfeita e agradável, e porque a sua vontade é boa, perfeita e agradável, estamos certos de que em nossas orações, nós obtemos o melhor que Deus tem para nós, e isto nos traz uma segurança e um conforto muito grande.

4 - A oração eficaz é aquela que sabe que o Pai será glorificado no Filho quando respondida (Jo 14.13).

Sabe porque Jesus responde nossas orações quando feitas em seu nome? Para que o Pai seja glorificado no filho (Jo 14.13). E sabe o que isso significa? Significa que quando uma oração é respondida por Jesus, Deus recebe toda a Glória na pessoa do filho, e o Filho recebe toda Glória na pessoa do Pai. Jesus disse em (Jo 10.30): "Eu e o Pai somos um".

Em Lucas 11.1 nos diz que Jesus estava orando em certo lugar, e logo que terminou, um de seus discípulos tomou a iniciativa e perguntou a Jesus: "Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou a seus discípulos? Ele então lhes ensinou a oração do pai nosso, ou a oração dominical. Eu quero parafrasear a pergunta deste discípulo e neste dia perguntar a Jesus: Senhor ensina-nos a orar com eficácia? Ele então nos responderia:

1 - A oração eficaz é aquela que é feita em meu nome

2 - A oração eficaz é aquela que crê que Eu posso fazer qualquer coisa que me pedirem

3 - A oração eficaz é aquela que considera com confiança a vontade de Deus na resposta

4 - A oração eficaz é aquela que sabe que o Pai será glorificado em mim quando respondida


Creia, sua oração é eficaz quando considera estes parâmetros Bíblicos!


Que Deus te abençoe rica e abundantemente,

Pr. Flavio Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...