sábado, 5 de junho de 2010

Uma Nova Oportunidade

“Então, Jesus proferiu a seguinte parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha e, vindo procurar fruto nela, não achou”. (Lc 13.6)

Nós somos o Israel de Deus, e por sermos o Israel de Deus, na simbologia bíblica, Deus enxerga a igreja como uma vinha, e cada árvore plantada como seus filhos, que no seu devido tempo dá o seu fruto e a sua folhagem não murcha, nem morre, mas se renova. Os profetas do A.T frequentemente usavam a palavra vinha para designar Israel (como povo de Deus), e a figueira ou videira como símbolo maior deste povo (Is 5.1-7). Na parábola que Jesus contou em (Lc 13.6a), ele diz que: “certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha...”

Eu quero tirar algumas lições da parábola da figueira, que vão nos mostrar como Deus quer que vivamos para buscar coisas novas da parte dele:

1 – DEUS NOS PLANTOU COM O PROPÓSITO DE FRUTOS ABUNDANTES (VS 6a) – “Então, Jesus proferiu a seguinte parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha...”

O homem descrito na Parábola é na verdade o Senhor, ele planta a figueira em sua vinha, mas ao passar de três anos não havia fruto nela. A natureza daquela árvore é de dar muitos frutos, e o dono da terra não queria nada além do possível. Ele conhecia a capacidade daquela árvore e sabia bem o que ela podia produzir. A árvore estava plantada em terra fértil. Recebia tudo do dono da vinha (água, sombra, atenção, etc). A Bíblia diz que, a quem muito lhe é dado, muito lhe será cobrado. Se você prestar bem atenção ao texto, vai verificar que o Senhor exige daquela figueira fruto, porque a ela foi dada tal capacidade. Ele não exige nada além.

Deus nos criou com o propósito de glorificá-lo em todas as coisas, e isso envolve frutos abundantes em todas as áreas de nossa vida. O que temos feito com todas as bênçãos e privilégios que Deus tem nos dado? O que temos feito com os dons e talentos que recebemos? O que temos feito com o ministério que recebemos? Com o namoro que começamos? Com nossas capacidades intelectuais? nossas habilidades pessoais? O que eu quero lhe mostrar é que, Deus nos tem abençoado, e muito, e nós não tem dado retorno para Ele! Não que Ele nos abençoe querendo barganhar conosco, mas espera o mínimo de nós, que façamos a sua vontade, que sejamos comprometidos, com Ele e com a sua palavra, produzindo frutos em abundância em todas as áreas de nossa vida.

Deus quer que você viva um novo tempo em sua vida, de frutos abundantes, de vida abundante multiplicada a cada ano, porém se você impede a frutificação que se faz necessária, você jamais viverá este novo tempo que você espera em sua vida, seja em que área for. Deus lhe plantou em sua vinha para a produção de frutos. Existem muitos jovens hoje que espera de Deus aquilo que não vai chegar, pois naquilo que recebem de Deus não dão o devido valor, e depois querem ver os frutos. Por exemplo: Você viverá um novo tempo na vida sentimental, quando o seu namoro o glorificar em todas as coisas. Você viverá um novo tempo em sua vida espiritual, quando sua vida for de fato consagrada a Ele. Você viverá um novo em sua vida profissional, quando você viver os princípios da palavra com relação a isso.








2 – SE NÃO FRUTIFICARMOS EM TEMPO OPORTUNO, ELE CORTARÁ A FIGUEIRA (VS 6b,7)

Aquele Senhor (homem) estava decepcionado com aquela figueira, pois, há muito tempo não achava nenhum fruto nela. Veja, ele esperou mais de três anos, mais não encontrou fruto algum. (Lc 13.6b, 7) – “...e, vindo procurar fruto nela, não achou. Pelo que disse ao viticultor: há três anos venho procurar fruto nesta figueira e não acho; podes cortá-la; para que está ela ainda ocupando inutilmente a terra?

Jesus não nos chamou para sermos uma figueira cheia de folhas, e sim uma figueira cheia de frutos. A figueira é linda quando está cheia de folhas e flores, Assim também somos nós. Mais ela, de modo pleno, resplandece, e mostra toda a sua beleza e força quando há frutos. Há muitos jovens que estão como uma figueira bonita, mas somente carregados de “folhas”. “Folhas” de conhecimento bíblico sem pratica, “folhas” de anos no evangelho, sem maturidade, “folhas” de boas intenções, “folhas” de aparência; “folhas” de falsa humildade, “folhas” de presunção, “folhas” de máscaras, mas sem produção de frutos. Será que nós temos decepcionado nosso Deus? Será que Ele tem olhado pra nós e não tem visto nada? É momento de pararmos e refletirmos, o que temos dado para Deus mediante a salvação que ele nos outorgou, pois quando o Senhor voltar, ele não vai mais mandar podar a árvore, e sim cortar a árvore (Jo 15.1-5).

3 – DEUS NOS DARÁ SEMPRE UMA NOVA OPORTUNIDADE PARA NOVOS INVESTIMENOS (V.8) “ Ele porém respondeu: Senhor, deixa-a ainda este ano, até que eu escave ao redor dela e lhe ponha estrume”.

Pela localização deduzimos que a árvore tinha sido muito bem cuidada. Ocupava uma parte do terreno que poderia ter sido usada para as videiras. Cada ano que a árvore permanecia estéril significava prejuízo para o lavrador, pois, ocupava um espaço que poderia ser ocupado por outra árvore que produzisse. A figueira tem um significado muito especial para o israelita. Deus a usava para indicar prosperidade e por isso era muito difícil para aquele homem não ver a sua figueira produzindo. Aquele Senhor (homem), então, ordena ao viticultor (Jesus) que corte aquela árvore, mas o viticultor pede mais uma chance para que possa cuidar da figueira, para que possa interceder por ela, investir nela, para trabalha-lá de maneira que ela viesse a dar frutos.

Assim também acontece conosco, Deus não se cansa de nos dar oportunidades, aliás, ele investe em nós para isso. Deus está sempre investindo em nós, em todo tempo. Ele sempre está pronto a nos ajudar, e a investir em nós, Deus não se cansa e quer sempre continuar fazendo o melhor para nós e por nós, e por isso nosso Deus é um Deus de oportunidades.

Certa vez ouvi a seguinte frase: Deus não desiste de nós, pois, a sua graça é mais teimosa que a nossa própria teimosia.

Veja! ele nos dá oportunidades e investe em nós, para que nós possamos investir nele, vivendo pra ele, agradando a ele, glorificando a ele em todas as coisas.

Quem sabe você vive um tempo de letargia espiritual, de mornidão espiritual, de cegueira espiritual, e na verdade você está prestes a desistir de tudo, e a colocar tudo a perder.

Jesus lhe diz: se levante, abra os olhos, comece a tomar atitudes, pois eu estou lhe dando mais uma oportunidade de você continuar investindo naquilo que é eterno, que não perece, que é glorioso acima de qualquer bem terreno!

Diga a Deus hoje pela fé: Senhor não precisa cortar a figueira, porque a figueira vai produzir frutos para ti, me dê só mais um tempo, e o Senhor vai ver que ela não vai mais continuar ocupando inutilmente espaço em sua vinha.

Veja que ao pedir mais uma chance o viticultor diz: “...deixa-a ainda este ano, até que eu escave ao redor dela e lhe ponha estrume”

Veja que o viticultor (Jesus) não somente pede mais uma chance, mais ele justifica o seu pedido, dizendo ao Senhor que ele sabia por onde começar a trabalhar para que a figueira florescesse, e que por isso ele merecia mais uma chance. Olhe pra sua vida hoje, pra sua figueira e veja por onde começar para que ela frutifique, para que ao pedir mais uma chance para Deus, ele encontre em seu coração o que encontrou no coração daquele viticultor, ou seja, sinceridade e disposição em mudar.

Ele está lhe dando mais uma oportunidade, então vá e invista meu irmão!

4 – ESTA NOVA OPORTUNIDADE NÃO PODE SER NEGLIGENCIADA (V.9)“Se vier a dar fruto, bem está; se não, mandarás cortá-la”

O viticultor (Jesus) faz uma súplica ao seu Senhor, pedindo para que ele prometa não cortar aquela árvore caso ela produzisse, e o Senhor poupa aquela árvore do machado dando assim uma nova oportunidade. Ouça querido: Outro ano de graça lhe foi outorgado, o julgamento e a sentença foram adiados. Medidas urgentes e especiais precisam ser tomadas por nós visando a provocar a produção de frutos. A árvore mais uma vez foi poupada do machado, mais uma vez ela não foi cortada, sendo assim lhe dada uma nova chance. Deus também tem nos poupado do machado, do machado do tempo, da ira, da intolerância, da impaciência e etc. Por isso a cada dia Ele tem nos dado oportunidade de revermos nossas vidas. Deus tem nos poupado de virarmos lenha, não podemos brincar com as oportunidades que ele nos dá, por isso não a negligencie.

Deus espera muito de nós! Folhas não servem, flores não servem, mas somente os frutos!

Que Deus lhe dê uma vida abundante, cheia de frutos,

Pr. Flavio Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...