quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

O que Deus deseja do natal?

Leia: (Mt 1.18-25/Mt 2.1-12/Lc 2.8-20)

Hoje é natal, e o mundo ocidental cristão católico ou evangélico define o NATAL como a celebração do nascimento de Jesus Cristo, e isto ocorre todos os anos no dia 25 de dezembro.



E por incrível que pareça esta data tem sido motivo de muitas discussões entre os cristãos. Perguntas do tipo: deve os cristãos celebrar o natal? O dia 25 de dezembro deve ser observado? Estão espalhadas por toda web, sites evangélicos e católicos, fóruns, revistas evangélicas, periódicos cristãos etc.

E na verdade a maior discussão versa sobre a comemoração do natal no dia 25/12. E por quê?

Porque esta data por volta do IV século era consagrada pelo império romano em razão da grande festividade do natal do Sol Invicto (uma festa pagã), na qual os adoradores do Deus Sol (mitra) se reuniam. Esta religião chamada mitraísmo, era uma religião que disputava acirradamente com o cristianismo a busca de fiéis. Devido a isto então os cristãos se organizaram e decretaram o dia 25/12 como sendo a data do nascimento de Jesus, com isto a igreja conseguiu ofuscar de vez as festividades ao Deus Sol e consagrou este dia como sendo o dia do nascimento do verdadeiro Sol da Justiça, que para nós cristãos é CRISTO. (Ml 4.2). Com isso o primeiro natal foi celebrado em 325 d.C em Roma.

Obs: e a história conta que a partir daí as igrejas de então adotaram variações na data. Ex: igreja ortodoxa celebrava em 06/01, a igreja Armênia em 16/01 etc.

Creio que seja do conhecimento de todos nós, que não se sabe ao certo a data em que Jesus teria nascido, pois segundo alguns historiadores Jesus teria nascido entre setembro e outubro.

Eu contei esta história até aqui como introdução a esta mensagem de NATAL para que todos tomem a consciência que estas discussões tolas NÃO APAGAM O MAIOR ACONTECIMENTO DE TODA HISTÓRIA, O NASCIMENTO DE JESUS. Jesus nasceu, é natal, celebremos ao Senhor! O nosso salvador vive e reina para sempre, Aleluia!

O nascimento de Jesus é motivo de grande alegria para todos os povos, e para nós cristãos o Natal significa a materialização do grande amor de Deus.

“Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mais tenha a vida eterna (Jo 3.16)”.

A data para a celebração do Natal não importa. Exemplo: retire o dia 25/12 do calendário, e o NATAL continua sendo Natal. Precisamos entender que o propósito é o que importa e não a data. Quer ver outro exemplo: existem aniversários em que as pessoas comemoram fora da data.

E lendo vários artigos e discussões sobre este tema, uma pergunta me veio ao coração: O QUE DEUS DESEJA DO NATAL? OU QUAIS SERIAM OS PROPÓSITOS DE DEUS PARA O NATAL?

Antes de responder, eu preciso fazer três considerações:

1)      Jesus não nasceu por nascer.
2)      Jesus nasceu porque Deus tinha um plano.
3)      Jesus nasceu porque Deus sempre quis estar perto de nós (Emanuel).

Feita estas considerações, vamos responder a esta pergunta: O QUE DEUS DESEJA DO NATAL?

1-      Que todos conheçam o seu Filho (Lc 2.8-12,15,16/Mt 2.1,2,9-11a)

(Lc 2.8-12,15,16) – os pastores naquela época eram considerados desonestos e impuros aos olhos da lei. E foi justamente a esses que o anjo do Senhor apareceu, a glória do Senhor brilhou, eles ficaram temerosos. O anjo do Senhor só queria trazer uma boa-nova de grande alegria: Jesus nasceu!

(Mt 2.1,2,9-11a)- Os magos do oriente, eram homens sábios e possivelmente astrólogos, vieram de muito longe (provavelmente pérsia ou babilônia). Uma estrela os conduzia para que chegassem ao menino.

É desejo de Deus que todos conheçam Jesus. Deus se revelou aos pastores no campo, aos magos do oriente, somente para lhes mostrar seu filho! (os pastores eram considerados pecadores, os magos vinham de uma terra na qual não se cultuava o Deus verdadeiro).

Deus se revelou a cada um de nós para lhes mostrar seu filho!
(1Tm2.4) –“o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade”.
(Jo 17.3) – “ E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo a quem enviaste”.
(Os 6.3) – “conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor”

O que Deus deseja do natal? Que todos conheçam seu filho.
2-      Que todos conheçam o propósito do seu filho (Mt 1.21)

(Mt 1.21)- O anjo do Senhor quando se revelou a José sobre o filho de Maria revelou o propósito pelo qual ele viria: “Salvar o seu povo de seus pecados”.

Nesta época o nome de uma pessoa era importante para expressar, sua identidade, seu caráter e a atividade que exerceria.
JESUS – gr. Salvador e hb. Josué / CRISTO – gr. Ungido e  hb. Messias – o ungido.
O propósito de Jesus é salvar todo e qualquer tipo de pecador. Jesus veio buscar e salvar o perdido (Lc 19.10). Jesus veio nos redimir, nos resgatar, nos reconciliar com Deus, nos justificar, nos perdoar.

(At 4.12) - “E não há salvação em nenhum outro, porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”.

(Jl 2.32) – “ E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.

O que Deus deseja do natal? Que todos conheçam o propósito do seu filho.

3-      Que todos adorem e celebrem o nome de seu filho (Mt 2.9-11/Lc 2.13,14)

(Mt 2.9-11) – Os magos vieram de longe adorar ao Senhor e lhe ofertaram ouro, incenso e mirra. Eles trouxeram o que tinham de melhor para o Rei.

(Lc 2.13,14) – Junto com o anjo que apareceu aos pastores, uma multidão de anjos apareceram para adorarem e celebrarem o nome do Rei dos Reis e Senhor dos Senhores. Eles diziam: “glória a Deus nas maiores alturas...”.

·         Deus tirou os magos de tão longe, somente para que eles conhecessem o Rei dos Reis e adorassem e celebrassem o seu nome.
·         Deus fez com que seu exército de anjos descesse a fim de adorar e celebrar o nome do Rei da Glória.

Celebrar – comemorar, festejar
Adorar – prestar culto, render-se, prostar-se.
Louvar – cantar, elogiar, glorificar
Aleluia – Louvai ao Senhor

Deus deseja que toda a humanidade celebre e adore o seu filho. Deus procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade, disse Jesus em (Jo 4.24). Isso significa que devemos agradar a Deus com a nossa vida espiritual, obedecer a palavra de Deus que é a verdade e possuir uma vida que seja digna do filho de Deus.

Deus sempre requereu de nós celebração e adoração ao seu filho:

(Ex 5.1) – “Depois, foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor, Deus de Israel: deixai ir o meu povo para que me celebre uma festa no deserto”.

(Sl 33.2)- “Celebrai o Senhor com harpa, louvai-o com cânticos no saltério de dez cordas”.

(Hb 13.15) – “Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome”.

·         Deus deseja que adoremos ao Senhor com a nossa vida e por meio de louvores que expressem o nosso amor por nosso Rei e Salvador (o filho de Deus).

·         Deus deseja que festejemos o nascimento de seu Filho, o nome de seu filho, porque seu nome está acima de todos os nomes. Deus deseja que cantemos o seu nome para sempre! Aleluia!

Preste atenção a essa verdade - Quando Jesus nasceu houve uma grande festa no céu, quando Jesus morreu houve uma grande festa no Inferno. Só que o inferno pensou que a festa no céu teria terminado, mas na realidade ela nunca terminou. Porque Jesus nasceu, Jesus morreu, mas ele é o primogênito dentre os mortos, ele ressuscitou e está vivo! ALELUIA!!!

É por isso que hoje estamos aqui celebrando o NATAL, celebrando o seu nascimento, porque ele está vivo e não morto.

O que Deus deseja do Natal? Que todos adorem e celebrem o nome do seu filho.
O que Deus deseja do Natal?

1)      Que todos conheçam seu Filho
2)      Que todos conheçam o propósito do seu Filho
3)      Que todos adorem e celebrem o nome do seu Filho


Feliz Natal!

Pr. Flavio Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...