segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A tristeza pode nos ajudar

"Melhor é a mágoa do que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz melhor o coração" (Ec 7.3)

Quando se fala em viver de bem com a vida, geralmente nós ligamos isso a alegria. E a palavra ALEGRIA na Bíblia está relacionada com a idéia de prazer, contentamento, satisfação, gozo, bem-estar, felicidade e exultação.  É por isso que o ser humano tem necessidade de experimentar alegria, porque desta forma ele se sente habilitado em se sentir feliz, de bem consigo mesmo ,de bem com os outros, de bem com a vida.  Salomão falou disso, quando disse assim em (Ec 8.15) “Então, exaltei a alegria, porquanto para o homem nenhuma coisa há melhor debaixo do sol do que comer, beber e alegrar-se...”.


Porém o que todos nós não podemos nos esquecer é que nem sempre estamos alegres, nem sempre nos sentimos de bem com a vida. Podemos até não estarmos tristes, porém estamos vivendo a vida entre a alegria e a tristeza, ou seja, não estamos alegres, mas também não estamos tristes.

Apesar disso existem aquelas pessoas que se deixam entristecer, pessoas que por diversos motivos fizeram da tristeza uma companheira de todos os dias. Nós sabemos que a tristeza pode ser gerada por diversos fatores:  a perca de um ente querido, uma doença inesperada, o desemprego, o vício, falta de paz – tudo isso pode gerar tristeza. E a tristeza faz com que muitas pessoas se tranquem dentro de si, sem nem mesmo conseguirem externar seus sentimentos em palavras. O choro muitas vezes é derramado na alma e não nos olhos, o silêncio faz parte de suas melhores atitudes. E a primeira reação de quem está triste, é se esconder. Já percebeu que quem está triste, costuma dizer que não está. Sabe porquê? Porque quem está triste, se esconde, mas não percebe que isto é uma ponte para a mentira, e por isso pessoas assim não conseguem resultados significativos para a realidade presente. “Mentimos mais alto, quando mentimos a nós mesmos” (E.C Mackenzie).

E aí ao descobrir estes sintomas gerados pela tristeza, eu parei para refletir e perguntar a mim mesmo: será que quem está triste não tira nenhum proveito disso? Será que existe alguma forma da tristeza nos ajudar?

Na Bíblia eu encontrei o apóstolo Paulo sem medo de expressar sua tristeza: “Tenho grande tristeza e incessante dor no coração” (Rm 9.2).

Na Bíblia eu encontrei Jesus de maneira natural expressando sua tristeza: “Minha alma está profundamente triste até a morte...” (Mt 26.38).

Na área do pensamento, eu encontrei o Poeta português Fernando Pessoa dizendo: “Existe uma imensa felicidade em não precisar estar alegre”.

Na área profissional eu encontrei a psicóloga clínica Flavia Leão (formada pela univ. de Londres) dizendo que a tristeza é sinal de saúde, ela escreveu um artigo a um site dizendo assim: “Com o avanço dos remédios anti-depressivos, a tristeza tornou-se um sentimento evitável e a cada dia cresce o número de pessoas que procuram tomar medicação para superar os momentos difíceis da vida. O ideal entretanto, não é fazer a tristeza desaparecer com o uso de remédios. Isto porque a tristeza não é uma doença, e, sim uma reação normal frente a uma situação de perda, decepção ou frustração. Vivenciar a tristeza permite que o indivíduo se reorganize internamente, podendo superar a fase de dificuldade de maneira saudável. E ela disse mais: “Por mais que o sentimento de tristeza seja penoso, ele é necessário para a superação de dificuldades”.

Olhando pra Bíblia, pra um Poeta e para um profissional, eu lhe pergunto:

Quem foi que disse que a tristeza não pode nos ajudar a viver? Quem foi que disse que a tristeza não pode fazer de nós pessoas melhores? quem foi que disse que a tristeza não pode nos curar? quem foi que disse que a tristeza não pode nos ajudar a superar nossos maiores temores?

ü  Segundo a Bíblia, a tristeza pode nos ajudar, e ainda nos fazer compreender muitos aspectos da vida cristã que nos levarão a uma compreensão maior daquilo que estamos vivenciando hoje em nossas vidas.


Quando a tristeza pode nos ajudar?


1-      Quando ela nos leva ao arrependimento (2co 7.10)

2-      Quando ela nos leva a restaurar o que foi destruído (Ne 2.1-5)

“A dor nos ajuda a colocar as prioridades em ordem”

3-      Quando ela nos leva a atitudes devocionais (Mt 26.38)

(At 4.29) - crentes da igreja primitiva não pediram para a perseguição cessar, e sim que pregassem com intrepidez.

4-      Quando somos disciplinados por Deus (Hb 12.11)

5-      Quando sofremos injustamente (1Pe 2.19)

“... homem de dores, sabe o que é padecer” (Is 53.3)

Quando olhamos para a tristeza a fim de arrancarmos dela estes benefícios, nossa vida cristã pode ser revolucionada. Se a tristeza que estamos passando nos leva a um destes objetivos citados, é porque estamos em um período de crescimento valioso, que mais lá na frente será reconhecido por todos.

A tristeza pode nos ajudar, apesar de não gostarmos, apesar de não aceitarmos. Que este seja o dia que você vai abrir os olhos para identificar onde sua tristeza está potencializando sua vida cristã.



Que Deus te abençoe rica e abundantemente,

Pr. Flavio Muniz

2 comentários:

  1. PASTOR ESTE TEXTO ME AJUDOU MUITO PIS ESTOU PASSANDO POR UMA FESE DE MUITA TRISTEZA POR CAUSA DE ARREPENDIMENTO,DECEPÇÃO AMOROSA...
    MUITAS NOITES DE CHORO,MANHAS DE DESANIMO TOTAL Q PEÇO TODOS OS DIA PRA QUE DEUS FORTALEÇA MINHA FÉ E DE-ME ANIMO PRA SEGUIR EM FRENTE.

    ResponderExcluir
  2. Olá Pastor, quanto tempo. Tenho comparecido sempre a igreja, mas vou embora logo, pois estou morando um pouco distante.Também gostei demais desse texto, até copiei para o meu blog. Estou tratando dessa questão chamada tristeza. Como o senhor sabe, ainda passo por grandes provações, mas nada que não posso suportar, pois creio no Pai, em sua palavra e no filho. Ma as respostas de DEUS já chegaram até mim e estou caminhando bem. Abçs

    ResponderExcluir

Conteúdo de qualidade

Palavra de Nova Vida - Pr. Flavio Muniz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...